quarta-feira, 19 de abril de 2017

Meus Crush's


Que eu saio por ai me chamando de piriguete literária para quem quiser ouvir não é novidade, afinal, quem me conhece sabe que a cada livro que leio me apaixonou perdidamente seja pelo vilão ou pelo mocinho. Mas depois de muito refleti decidi fazer uma seleção daqueles personagens que eu ia amar ter comigo sempre.

Que tal conferir minha listinha?!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Resenha: Melhores Amigas


Título: Melhores Amigas
Autor(a): Emily Gould
Editora: Rocco
Páginas: 251
Ano de Publicação: 2017
Gênero: Chick-lit
Nota: 3/5
Obs: Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Bem-sucedido romance de estreia de Emily Gould, Melhores amigas pinta um retrato honesto e bem-humorado da mulher na faixa dos 20 e tantos aos 30 e poucos anos hoje, com suas expectativas e seus questionamentos. Segundo da coleção Geração Ha, o livro acompanha as trajetórias de Bev e Amy, amigas de longa data que chegaram aos 30, mas ainda não encontraram seu rumo na vida, entre escolhas pessoais e profissionais duvidosas. Ao longo da trama, entre sushis, taças de vinho e cigarros ocasionais, elas dividem seus planos e suas incertezas uma com a outra. Mas a amizade é posta à prova quando o plano de Amy de morar com o namorado naufraga, ao mesmo tempo em que Bev engravida de um desconhecido. Juntas, elas terão que descobrir se a amizade é capaz de resistir à força do tempo e às reviravoltas da vida, nesta deliciosa crônica da vida da mulher moderna.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Resenha: Um beijo inesquecível


Título: Um Beijos Inesquecível
Autor(a): Júlia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano de Publicação: 2016
Gênero: Romance
Nota: 4,5/5
Sinopse: Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente.
Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.
Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.
Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples e de tão complicado quanto um beijo.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Filmes que todos deveriam assistir ao menos uma vez


Não posso dizer que sou a mais expert no assunto ou que conheça muitos musicais, a verdade é que tenho um amigo que é fanático por esse tipo de filme e eu acabo indo na onda e agora eu sempre procuro um musical para assistir. Não que eu cante divinamente mas eu gosto de achar que canto. kkk

Por conta disto decidi fazer uma seleção dos 5 musicais que mais gosto, aqueles que sempre procuro para assistir quando estou com tempo. Espero que gostem da minha seleção e se ainda não assistiram: assistam!!!!

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Resenha: A Garota do Calendário - Dezembro


Título: A Garota do Calendário - Dezembro
Autor(a): Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 160
Ano de Publicação: 2016
Gênero: Romance/ Erótico
Nota: 5/5
Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser. Em dezembro, Mia irá a Aspen, a estação de esqui mais celebrada pelos americanos endinheirados. Um homem misterioso pagou uma bolada para que ela fosse até lá. E o que Mia vai encontrar nas montanhas geladas vai mudar sua vida para sempre.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Resenha: Uma Pequena Mentira


Título: Uma Pequena Mentira
Autor(a): K. A. Tucker
Editora: Fabrica 231
Página: 352
Ano de Publicação: 2017
Gênero: Romance/Drama
Nota: 4/5
*Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Livie, a mais centrada das irmãs Cleary, segurou as pontas após a morte dos pais num acidente em que Kacey, a mais velha, foi a única sobrevivente, e cuidou da irmã quando ela caiu em depressão. Aos poucos, Kacey superou seus traumas e encontrou a felicidade, enquanto Livie se dedicava aos estudos. Agora, no segundo do livro da série de sucesso Ten Tiny Breaths, K. A. Tucker joga o foco de sua envolvente narrativa sobre a caçula. Livie acaba de ingressar na tradicional Universidade de Princeton e está pronta para viver as emoções típicas de uma caloura, o que inclui frequentar as festas no campus, fazer novos amigos e encontrar um namorado bacana com quem possa tecer planos para o futuro. Ela só não esperava se envolver justamente com um cara como Ashton Henley, o capitão do time de remo com fama de garanhão. Com medo de ser apenas mais uma na lista de conquistas de Ashton, Livie tenta agir com a razão, como sempre fez. Mas até que ponto vale a pena dominar seus sentimentos por medo de se machucar?