Resenha: Você se lembra de mim?

escrito por - quarta-feira, junho 07, 2017



















Este foi meu primeiro contato com a escrita de Megan Maxwell, mas posso garantir para vocês que não será a última. "Você se lembra de mim?" Foi um livro que me fez chorar horrores, fiquei tão conectada a história que foi impossível não derramar uma lágrima ou duas (ou 20 rs). Mas garanto que foi uma leitura muito válida para mim e espero que sejam por vocês. Porém sem mais delongas, vamos entender sobre o livro.


Título: Você se lembra de mim?
Autor(a): Megan Maxwell
Editora: Essência
Página: 496
Ano de Publicação: 2016
Gênero: Romance
Nota: 5/5
Sinopse: Alana é uma mulher independente que não acredita no amor e tem na profissão sua única razão de viver. Jornalista freelancer, é enviada a Nova York para escrever uma reportagem sobre a metrópole, onde conhece o atraente Joel Parker. Quando ela descobre que aquele homem bonito e sedutor que tem lhe feito companhia nos últimos dias é um militar, como seu pai uma lembrança que ainda a assombra , a jornalista desaparece sem deixar vestígios. Apesar de resoluta em sua vontade de se afastar do capitão da Marinha americana para não repetir a história de sofrimento de sua mãe, ela não conseguirá aplacar o desejo de seu coração por Parker. Quem vencerá essa disputa entre razão e emoção? O passado de sua mãe irá assombrá-la ainda mais ou irá ajudá-la a esclarecer muitas questões mal resolvidas?
O enredo é dividido em duas partes, uma se passa na Alemanha da década de 60, da qual vamos conhecer melhor sobre a história da mãe da nossa autora. Isso mesmo, enfim Megan escreve fatos que aconteceram em sua família. Mais especificamente de sua mãe. Foi nesta parte que eu chorei litros e mais livros. Gente que história. Claro que teve seus momentos que eu quis dar uns tapas em um ou dois personagens, mas nada que não sumisse depois. O fato é que ao final da primeira parte eu chorava feito uma criança.

E enfim vem a segunda parte que se passa em 2003, e é nessa parte que conhecemos o nosso casal protagonista mesmo. No caso Alana e Joel. Para mim foram personagens que eu me liguei muito rapidamente. Alana é uma jornalista determinada que mora na Espanha com sua mãe e nunca conheceu seu pai. Militar que foi para a guerra e simplesmente desapareceu. Simplesmente tem pânico de imaginar sua vida atrelada a um militar e sofrer tudo que sua mãe sofreu.

Eis que em uma viagem de trabalho para New York ela conhece o belíssimo, gato, maravilhoso Joel Parker, um belíssimo militar que está em pleno serviço. Claro que Alana se apavora e quer distância dele mais do que tudo nessa vida. Mas não é isso que Joel tem em mente, na verdade o que ele mais deseja é conhecer essa bela mulher que foge dele mais do que tudo e entende-la melhor.
"Houve um tempo que eu quis tudo: meus pais ao meu lado no dia do meu casamento e um homem que me dizia palavras de amor. E agora, acho que, por ter querido tudo, talvez tenha ficado sem nada."
Esse livro me remeteu tantas sensações gente, uma hora eu chorava como criança, outra eu ria das loucuras que os personagens faziam e diziam. A montanha russa de revelações e emoções neste livro é surpreendente. Fiquei em choque como as coisas pareciam se interligar. Quando terminei o livro fiquei em busca de mais páginas, mais história, mais tudo. Pois eu necessitava de mais umas 20 páginas pelo menos. Na verdade, ainda desejo, se a autora quiser escrever eu não me oponho.

Apesar de Megan ser conhecida por seus eróticos pesados esse livro é bem leve em relação ao assunto, eu o consideraria mais como um new adult. Então se você não quer ler com medo de encontrar cenas calientes, não se preocupe, pois elas são quase nulas neste livro.

Indico muito a leitura para você que gosta de um drama com reviravoltas e surpresas, que apesar de um final previsível o miolo é cheio de surpresas.

Beijos

Você vai gostar de ler...

4 comentários

  1. Oi!
    Eu amo a Megan, ela é uma das minhas autoras favoritas na vida por causa da série erótica dela e confesso que nunca me aventurei por outros livros dela que não sejam romances, mas estou apaixonada por esse porque tem uma pegada de Rachel Gibson. Vou amar ler!
    Beijo.
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso leia, espero que você goste, o livro é lindo e vale muito a pena poder conferir a leitura.

      Beijos

      Excluir
  2. OI, Miriã!

    Que resenha foi essa, menina? Deixou-me empolgada para conhecer a história da Alana! Já estou com o livro anotado aqui! Parabéns pela resenha e muito obrigada pela dica que foi maravilhosa!
    Beijão,
    Drica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miriã? rs
      Que bom que gostou da dica, espero que leia e aproveite muito.

      Excluir