Resenha: Escândalo de Cetim

escrito por - terça-feira, julho 11, 2017


Queria entender porque demoro tanto para ler determinados livros e quando leio me apaixono instantaneamente e não largo até terminar gente, sério, devo ter problemas. Foi o que aconteceu comigo e o livro em questão. O primeiro não foi a minha melhor leitura, e eu estava com medo de me decepcionar com o segundo, então enrolei o máximo que consegui, porém com o terceiro já na minha estante precisava ler logo ele, e olha... Que livro lindo, meigo e apaixonante. 


Título: Escândalo de Cetim
Autor(a): Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano de Publicação: 2016
Gênero: Romance de época
Nota: 4/5
Sinopse: Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, Sophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação.
Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor... se sobreviverem um ao outro.
Em Escândalo de Cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado.

O segundo livro começa quase que no mesmo ponto que o primeiro termina se não conferiu a resenha do primeiro basta clicar (aqui). Pois bem, o casal desse livro nós já conhecemos, uma é nossa destemida Sophia Noirot, irmã do meio, responsável pela captação de novas clientes em sua loja de roupas junto com suas irmãs, além de escrever também para um jornal, claro que com um pseudônimo, afinal, ainda se vivia em um mundo onde mulheres não eram bem quiistas em certos trabalhos. Mas essa personagem no quesito personalidade supera todas as suas irmãs até aonde li, e com toda certeza ganhou meu coração até o momento. 

"- O amor não vai encontrar espaço em minha vida. Não sou como você. Não sou sensível. Se o amor quiser tomar conta de mim, ele terá que se esforçar mais. Além de me dar um coice no traseiro, terá que me amarrar e me bater para chegar ao meu cérebro."

Do outro lado temos o nosso ilustre Conde de Longmore, irmão de nossa querida Lady Clara que já havíamos conhecido no primeiro livro. Um verdadeiro mulherengo e trapaceiro. Um homem que não se importa muito com o que as pessoas possam vim a pensar dele, mas que se importa e muito com sua irmã caçula, ao ponto de se juntar com nossa Lady Sophia para salvar sua irmã. Já que em um momento imprudente entrou em desgraça e precisa urgentemente encontrar uma saída para tudo àquilo que estava passando. 


Embarcando em uma aventura sem precedente Sophia e Longmore precisam correr contra o tempo e usar todos os seus recursos para conseguir salvar Lady Clara do pior futuro que a menina poderia ter. Então obvio que teremos cenas hilárias, tensas e cheias de amor para nos arrebatar

Loretta nos apresenta o livro com as visões do casal, ora Sophia, ora Longmore, o que como já sabem me agrada bastante. Mas o que eu menos gostei no livro é o fato de desde o inicio ela focar no que Longmore sentia, e Sophia parecer aleia a esse sentimento com ela mesma, porem em um acontecimento tudo mudar e ela se ver profundamente apaixonada. Isso a meu ver foi um tanto mal elaborado e me deixou um tanto agoniada durante a leitura.


"Ele a queria, pensava bastante nela e se preocupava com ela a ponto de se sentir um tolo. Mas não confiava nela."

Mas acima de tudo isso, do romance e da corrida contra o tempo, vê personagens fortes, obstinados, principalmente as mulheres, isso é marca registrada de Loretta, ela sabe como criar mulheres fortes, que não se submetem a sua época, nem a opressão em que muitas viviam, elas sabem usar tudo e a todos em sua volta para conseguir o que desejam não se veem em momento algum inferior aos homens, e isso é um deleite para minha leitura.


Foi uma leitura muito, mais muito agradável para mim, consegui relaxar na leitura, coisa que não estava conseguindo com livro algum, e foi muito bom. A fluidez é notável e confortável, cada página que lia me dava vontade de mergulhar dentro do livro e viver toda aquela jornada que os personagens se encontravam. Acho que isso por si só mostra que o livro vale muito a pena ser conferido se é um amante de romance de época. Que apesar de ser um livro independente do primeiro eu recomendo que leia seu anterior antes, para não ser pego com indevidos spoilers e entender melhor o passado dessa nossa personagem tão guerreira. 

Beijinhos.





Você vai gostar de ler...

7 comentários

  1. Olá!
    Muito breve voltarei a ler romances de época,tinha dado uma parada por ter enjoado. Mas, já faz tanto tempo que acho que chegou a hora. E é sempre bom ficarmos por dentro das novidades,do que está bombando no momento. Gostei desse livro,já está devidamente anotado.
    Adorei a dica
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Também sou assim, enrolei tanto mas tanto para ler Júlia Quinn que quando li, fiquei completamente apaixonada! Ainda não li nada da Loretta Chase, mas como entrei nesta pegada de romance de época, certeza que lerei logo.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  3. Oiii amiga tudo bem?
    Que resenha e fotos mais lindas menina, realmente cada vez que venho lhe visitar percebo sua evolução, estou aos poucos começando a ler romances de época, então não irei que um dia irei ler, gostei muito de saber a sua opinião.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá, é sempre bom encontrar livros leves e envolventes que nos tiram daquele cansaço de sempre. Pessoalmente, tenho muita vontade de ler essa autora e adorei sua dica, todos os livros dela parecem ser de tirar o fôlego.

    Beijos,
    Livros que Li

    ResponderExcluir
  5. Ajhhh já li tantas resenhas desse livro e ainda não consegui ler!
    Fico feliz que vc tenha gostado! Bjs

    ResponderExcluir
  6. Hey, Kah!

    Não sei se já comentei aqui, mas ando bem enjoada dos romances de época, as fórmulas acabam sendo sempre as mesmas. Dei uma pausa nesse gênero e não pretendo voltar a ler tão cedo.
    Mas já li um livro da Loretta. Na época até gostei bastante, mas agora, se eu fosse reler, provavelmente não gostaria... rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. é, pra quem aprecia romance de época deve ser mesmo uma leitura notável... percebe-se claramente o quanto a leitura te empolgou... ^^
    bjs, Kah...

    ResponderExcluir