Resenha: Objetos Cortantes

escrito por - quarta-feira, fevereiro 14, 2018

Olá pessoal, estou aqui de volta com a mais nova autora da minha vida: Gillian Flynn. Eu te venero e quero ler até sua lista de compras, a muito tempo atrás eu li "Garota Exemplar" e ele virou um dos meus livros favoritos da vida, sempre que isso acontece eu fico meio receosa para  ler outros livros da mesma autora e me decepcionar, mas finalmente comprei mais um da Gillian e olha, não me decepcionei nem um pouco, essa mulher é maravilhosa, então vamos lá a resenha de "Objetos cortantes" ou como dizemos aqui no meu país Salvador/Bahia, negócios amolados.


Título: Objetos Cortantes
Autor(a): Gillian Flynn
Editora: Intrísica
Páginas: 254
Ano de Publicação: 2015
Gênero: Suspense e Mistério
Nota: 4,5/5
Sinopse: Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.
Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.

Camille é uma mulher de 30 e poucos anos que trabalha como repórter de crimes em um pequeno jornal em Chicago, seu jornal não é muito conhecido e ela nem de longe é uma das melhores jornalistas dali, porém seu editor chefe acha uma manchete sobre uma garotinha de 9 anos morta e outra desaparecida em uma cidadezinha que por coincidência é a cidade natal de Camille e ela é mandada para cobrir esses homicídios. Mas a cidade não tem um bom efeito nela já que ela tem uma doença que tende a se cortar. Um dos motivos disto acontecer é sua família, e voltar para lá irá trazer lembranças nada boas.

Ela não tem um bom relacionamento com sua mãe, e muito menos com seu padrasto, nunca conheceu seu pai biológicos e nem seus avós, e sua primeira irmã morreu quando ainda tinha 4 anos e ela nem ao menos conhece sua nova irmã, chamada Amma, e quando ela passa a conhecer essa pré adolescente de 13 anos, e as novas garotas da cidade, fantasmas do seu passado começam a ressurgir.


Gente, vou dizer a vocês que até as últimas dez páginas desse livro eu dizia, "é Gillian, o livro foi bom mas estava um pouco óbvio sobre quem matou essas crianças não é mesmo?" Mas ela vai lá e dá uma reviravolta que você claramente não esperava, a primeira coisa que preciso pontuar é como essa autora consegue criar personagens tão maravilhosos, tanto em Garota Exemplar quanto em Objetos Cortantes, mesmo as pessoas sendo "vilãs" eu não conseguia odiá-las porque elas eram tão fascinantes que esse sentimento de raiva por elas não duravam por muito tempo.


Eu não tenho quase nada de ruim a falar sobre o livro, os personagens são ótimos, a ambientação foi maravilhosa, o jeito como ela descreve a cidadezinha é tão bom que você já se sente parte daquela comunidade,o único ponto que eu tenho que ressaltar que foi o motivo do livro ter recebido 4,5 e não cinco foi que quando finalmente descobrimos quem matou aquelas garotinhas o livro acaba, queria muito que tivesse mais páginas explicando como funcionava a mente do assassino(a), o real motivo e como ela fez aquilo, achei muito vaga a explicação.

Confesso que para a maioria das pessoas o final vai ser ótimo, mas eu confesso que gosto de coisas mais detalhadas, chega a ser um pouco sórdido mas para mim entender o que se passava na cabeça da pessoa quando ela fez isso torna o livro mais real, eu gostaria muito se a Gillian fizesse um livro protagonizado pelo assassino. Esse foi o primeiro livro que a autora escreveu e o fez com maestria, só tende a evoluir, quero ler todos os livros que ela escrever, espero que queiram também.

Beijos e até a próxima.

Você vai gostar de ler...

14 comentários

  1. Eu estou aqui me roendo para saber qual a reviravolta no desfecho que era tão óbvio. Eu nunca li nada da autora, mas espero poder mudar esse fato em breve, então essa é uma dica anotada.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu imagino a sua cara quando achou que já sabia quem era o culpado e na verdade estava errado ahahha eu nunca li nada dessa autora mas todo mundo fala tão bem que me sinto culpada, vou aproveitar alguma promoção na Amazon porque sua animação me contagiou.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Gabi! Eu tenho Garota Exemplar em casa e estou pensando seriamente em colocá-lo na minha TBR de março. Todos falam super bem desse livro e eu espero gostar. Agora também fiquei ansiosa para ler este, parece ser muito bom!

    Beijos,
    http://www.livroapaixonado.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bom?

    Ainda não li Gillian Flynn, apesar de Garota Exemplar estar na minha lista faz tempo. O que eu mais fiquei curiosa é sobre a criação dos personagens, já que você disse que, mesmo sendo "vilão", não há como odiá-los, já que o sentimento de raiva não durava muito. Além disso, com tantos elogios em relação a sua narrativa, ambientação e o desenvolvimento dos personagens, só faz a minha vontade de ler aumentar. Por outro lado, é chato que ela tenha finalizado o livro justo quando se descobre quem é o culpado, sem que tenha avançado para a parte das explicações detalhadas. Mesmo assim, isso não me tira a vontade de começar essa leitura assim que eu tiver a oportunidade!

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Oie! Adoreii a resenha! Eu tenho um livro dela em casa mas ainda não li! Espero mudar isso em breve, pois ela parece saber escrever histórias de reviravolta, coisa que amo ❤

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Gosto bastante da escrita dessa autora. Ver que essa história está bem instigante e repleto de situações que deixam o leitor ansioso pelo desfecho da trama já me deixa animada pra embarcar na leitura.
    Com certeza essa é uma das histórias que vou tentar ler esse ano.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Olá!Tudo bem?
    Meu sonho de princesa é ler Garota Exemplar,quero e necessito ler esse livro,mas o mundo não ajuda.Ou é o dinheiro haha.
    Sou apaixonada em suspenses,em histórias bem elaboradas e um assassino que nós engana.Parece que esse livro tem tudo isso e já vou colocar aqui na listinha do amor.
    Sou como você adoro detalhes principalmente sobre a mente do "vilão".
    Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom?
    Nunca li nada dela, acredita? Pois é, uma vergonha! Mas espero mudar isso em breve! rs Adorei saber que apesar de não ter tido todos os detalhes que você gostaria, que o livro te agradou muito e que se tornou uma excelente leitura, que alem de tudo foi surpreendente, mesmo quando você não acreditava mais que isso seria possível. Adorei a sua resenha e espero poder ler este livro em breve! ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá!!
    Sua resenha me deixou mais ainda curiosa para saber como termina o livro!! Já tinha gostado muito do Garota Exemplar e tenho certeza que vou gostar muito desse!!
    Vou tentar ler ainda esse ano!!
    www.garotasdevorandolivros.com

    ResponderExcluir
  10. Oi. tudo bem?
    Tenho uma relação maravilhosa com a escrita da autora. Eu amei A Garota Exemplar, foi uma surpresa e uma reviravolta pra mim, então, quando comecei Objetos Cortantes tentei ficar atenta ao maior numero de detalhes possivel. Até fiz anotações e ainda assim ela conseguiu me surpreender no final! Eu amei demais esse livro apesar de nunca ter feito uma resenha. Adorei a sua e o seu blog, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oie!

    Guria to louca para ler os livros dessa autora, eu já assisti um dos filmes que foram baseados em um de suas obras e amei, então com certeza a leitura será tão ótima quanto o filme foi, amo suspense bem nessa temática, espero ler em breve!

    Bjss

    ResponderExcluir
  12. Oi, é tão bom quando sentimos tanta empolgação assim diante de um livro, não é. Confesso que eu li mas não gostei tanto assim, e acredito que ler essa autora não é para mim, por isso dei uma pausa dos livros dela. Eu também gosto de coisas detalhadas, e me identifico com você.

    ResponderExcluir
  13. Oi Gabi, como está?
    Pode crer que até hoje não li nada da Gillian Flynn? Mas quero mudar isso muito em breve porque só vejo elogios às obras dela. Ainda mais agora que saiu até filme.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://galaxiadeideias.com
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Acho esse livro perturbador! Tive o prazer de conhecer essa história que intriga, nos mantém cativos e instiga nossos dons de investigação. Além disso, tem uma protagonista muito diferente do que eu estou acostumada e com quem acabei criando uma conexão. Foi uma leitura muito boa para mim.

    Beijos!

    ResponderExcluir